Eu sou o funk- Mulher Maracujá

Projeto desenvolvido na disciplina de Projeto 6-  DSG1006 na PUC-Rio. 
Nossa oportunidade está fundamentada na carência de representatividade e exclu- são das mulheres de baixa renda, especi- camente as ligadas ao funk. O compartilhamento e a troca das histórias dessas mulheres é uma poderosa arma de refutação e defesa contra uma sociedade patriarcal e elitista, que não dá espaço de fala para as minorias. Nesse contexto a sororidade, solidariedade entre mulheres, mostra-se essencial para o empoderamento feminino e quebra de concei- tos normativos do que é considerado “ser mulher”. Buscamos trabalhar a visão que nossa sociedade tem da mulher no funk, passando pelas questões do machismo, objeti cação e o uso e validação do funk como ato político.

Back to Top